Como funciona a tecnologia da depilação a laser?

É uma luz focada que cauteriza o pelo na raiz, matando o bulbo capilar. O laser funciona por afinidade da energia da máquina com o folículo. O pigmento do pelo atrai a energia da máquina, que “explode” no local onde houver melanina.

Após as sessões de laser, o local depilado pode ficar sensível por algumas horas. Os pelos levam de dez a quinze dias para cair, mas durante esse período é possível utilizar outros métodos de depilação que não retirem as raízes.

Qual o número mínimo de sessões?

Geralmente indicamos um mínimo de cinco a seis sessões. Os pelos têm um ciclo de crescimento diferente, e é necessário respeitar o intervalo de 45 dias entre as sessões para que todos os folículos sejam encontrados. Alguns ainda não estarão na fase de proliferação e não serão “vistos” pela máquina. Por isso são necessárias várias aplicações.

A depilação a laser dói?

O desconforto é tolerável, não é uma dor muito importante, mas áreas como rosto e a virilha podem ser mais sensíveis.

Existem contra indicações?

Existem recomendações de cada máquina, mas em geral, não é recomendado para gestantes, pessoas com tendências a quelóides, com doenças autoimunes e outras doenças de pele ou que passam por tratamento contra câncer.

Que cuidados se deve ter antes e depois das sessões?

Usar produtos adequados no pós-sessão e evitar o sol antes e depois. A pele não pode estar muito bronzeada, por isso é recomendado não tomar sol pelo menos 30 dias antes de cada aplicação. É preciso também preparar o pelo para o procedimento raspando o local três dias antes.

Agendar Agora

fonte: O Globo